Ihr Merkzettel: 0 Artikel

STAEDTLER® e o lápis de cor

Quem inventou o lápis de cor?

Igual que o caso dos lápis de grafite, não existe informação exata disponível sobre a invenção do lápis de cor. Ainda que, uma vez mais, o nome STAEDTLER se encontra nos correspondentes documentos históricos. No ano 1834, um ano antes da fundação da companhia, Johann Sebastian Staedtler já tinha inventado um lápis de cera de cor que podia ser afiado igual que um lápis,  pelo que poderia ser considerado um dos primeiros lápis de cor.

O lápis de cera de cor da STAEDTLER®

Que tinha de especial este lápis de cera de cor?

A intenção de Johann Sebastian Staedtler era revolucionar o lápis pastel que já existia.
O produto de seus numerosos falou por si mesmo.

Misturou pigmentos coloridos com agentes de união e logo colocou uma coberta de madeira protetora arredor da mina de cor.

A qualidade desta mina de cor superava a outros dessa época:

Os traços eram muito mais intensos e duradouros que os lápis pasteis contemporâneos, os quais estavam feitos com pós e não se aderiam bem ao papel.
A carcaça de madeira protegia a mão da sujeira, com o que era muito mais limpo de utilizar.

Deslocar para esquerda/direita

Uma qualidade muito valorizada pelos competidores

Livro de contabilidade histórico

Os livros de contabilidade antigos mostram que, durante mais de 20 anos, a empresa JS Staedtler forneceu estas minas de cor a seus competidores porque nenhuma outra empresa dominava o processo de fabricação como fazia J. S. Staedtler.


STAEDTLER® revoluciona os lápis de cor uma vez mais com o A·B·S

 

A·B·S: criatividade sem limites!
Especialmente com as crianças, os lápis de cor devem estar preparados para superar uma grande quantidade de "castigos": o exclusivo Anti-Break-System (abreviado A•B•S) aumenta sua vida útil.

 

STAEDTLER A•B•S pencils

Já conheces o problema! Quando as crianças começam a colorir, não passa muito tempo antes de que a mina do lápis de cor se quebre - já seja quando fazem a ponta, como consequência da força que exercem ao desenhar, ou simplesmente porque se caem muitas vezes ao chão.

A STAEDTLER se fixou o reto de encontrar uma solução para este problema e, em 2005, colocou os lápis de cor com um Anti-Break-System (A•B•S) no mercado mercado.

Graças a inovadora cobertura protetora branca que rodeia a mina de cor, a resistência à quebra da mina colorida e a estabilidade se incrementa.

O princípio deste revestimento protetor segue um eficaz exemplo da natureza: como uma robusta cana de bambu, o revestimento protetor branco protege o núcleo da mina onde é mais eficaz - a partir do exterior - e, adicionalmente, reforça a ligação entre a mina e a madeira no lápis.

As vantagens são óbvias: lápis com A•B•S não quebram tão facilmente, não tem de ser afiados com tanta frequência e, assim, têm uma vida útil mais longa, o que também beneficia o ambiente.